Tarte aux Pommes

15 Apr

20120415-142041.jpg

Essa semana tivemos aula de como fazer a pâte sucrée. É como se fosse uma massa podre, com relativamente bastante açúcar.

É uma massa bem difícil de trabalhar, porque o açúcar é higroscópico e a massa leva bastante manteiga. O açúcar “puxa” a umidade, a manteiga começa a amolecer… Fim das contas – minha massa tava meio falling apart – tenho as mãos muito quentes pra trabalhar a massa e, mesmo na mesa de mármore, ela amoleceu muito. Nessa hora, desandou tudo: na hora de abrir com o rolo, a massa começou a ficar muito quente e grudou no mármore. Desesperos mil! E o Chef G. (é muito sério ele!) olhou pra minha massa e perguntou: Did the chef do like this on the demo class? Eu só disse: No, Chef, he didn’t. I’m sorry! Me perdi por completo. Já não sabia em que passo da receita eu estava, fiquei ‘colando’ das outras pessoas… Eu ainda ajudei a italiana que estava do meu lado, porque ela estava cortando as maçãs da compota dela perigosamente. Aí me perfi mais ainda. Mas faz parte trabalhar em equipe, né? Nisso dou um zero pras britânicas e um dez pras Ausländerin – a gente se ajuda um monte!

A massa vai pro forno, enquanto isso a gente prepara as maçãs de decoração. Usamos um ralador pra fazer tiras finíssimas de maçã para decorar a parte de cima da torta. Eu queria que as minhas tiras tivessem ficado mais finas… Mas tudo bem. A massa é retirada do forno depois de ‘blind baking’ – colocamos feijões em filme plástico pra assar a massa sem que ela levante. Minha massa estava toda uneven, partes mais grossas e partes mais finas… Aí colocamos a compota na massa e decoramos com as rodelas de maçã. Passamos mel ou manteiga com açúcar em cima e depois vai pro forno de novo, pra das uma leve assada nas maçãs e a torta ganha uma cor.

Fim da aula, apresentamos o student journal pro Chef e ele assina. Deu que deu, todo mundo ganhoi um ‘Excellent’ do Chef, apesar de eu achar que de excellent minha torta não tinha nada. Minha performance foi péssima nessa aula! (a receita tem 3 folhas de caderno escritas…).

Bom, hora de fazer uma meditação pra conter ansiedade!

E essa é a minha tarte aux pommes (as fotos são horríveis, porque não uso a câmera pra tirar foto, só o iPhone… Ou seja, qualidade zero!)!

Advertisements

4 Responses to “Tarte aux Pommes”

  1. mari spring April 15, 2012 at 11:42 pm #

    Cris, sua fofa!! é uma questao de prática… com o tempo vai sai do seu jeito, pode crer!

    Estou aqui torcendo por você!

    mil beijos

  2. Marina Yumi Fujiname April 19, 2012 at 4:15 am #

    quero um pedaço! ehehe

  3. Marina Yumi Fujiname April 19, 2012 at 4:16 am #

    ah é, e ficou boa?

  4. Uiara May 3, 2012 at 1:49 am #

    Estou alucinada com todos esses doces lindos que vc está fazendo!!!!
    Não vejo a hora de ir no casamento da Veri!!!! hahaha
    Cris, os nossos cafés jamais serão os mesmos depois que vc voltar!!!!

    Beijos,
    Uiara.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: