Decoração de sobremesas

22 May

20120522-081805.jpg
Essa aula é continuação da aula de cremes que tivemos.

Hoje foi o dia do terror: queimei meu dedo com caramelo quente. Fez um buraco no meu dedo indicador

esquerdo! A bolha estourou e tá uma carne viva de verdade!

Foi assim: chegamos na cozinha – tivemos aula na cozinha polivalente, que é utilizada normalmente pelos estudantes de cuisine. Aqui, além da bancada de mármore, cada um tem seu fogão e seu forno. Bom, chegamos lá e era hora de prepararmos os tuiles da massa que fizemos na aula passada. Tuiles são fáceis de fazer, mas tem que ser rápido na hora de moldar, se não a massa esfria e quebra. Fiz algumas coisinhas, assei, tirei do forno, moldei. Fiquei satisfeita 🙂 depois era hora de fazermos sugar decoration. Um açúcar derretido com isomalte pra dar flexibilidade é utilizado pra fazer aquelas esculturas de açúcar. Claro que esculturas a gente ainda não faz, mas umas pequenas decorations.

Bom, chef M diz que, para cada 2, uma panelinha de caramelo. Vou à procura da panelinha e, tchanaaa: alguém roubou! Temos que trabalhar em 3 com uma panelinha só e não funciona. O açúcar começa a esfriar e fica impossível de fazer as decos. Um desespero! Chamo o chef e explico a situação. Ele diz pra eu ficar calma e que ele vai fazer outro açúcar pra mim e pra grega. E que devemos escolher as frutas da deco pra otimizar o tempo. Mas daí eu e a grega já estávamos meio em pânico, pq estávamos super atrasadas. Pareceu meio sabotagem com a gente, sabe? Tenho lá minhas dúvidas…

Bom, escolhemos as frutas, o açúcar ficou pronto. Fui fazer o espiral de açúcar, as cestinhas, etc. A técnica é assim: mergulha a colher no açúcar, deixa escorrer e utiliza as “costas” da concha pra fazer a cestinha. E o afiador de facas pra fazer o espiral. Quebrei umas 3 cestinhas antes de conseguir uma definitiva – elas escorregavam da concha e caíam no mármore e créééc, já era! O desespero aumentando porque o tempo passa muuuuuito rápido na cozinha! E na hora do espiral, uma gota do caramelo superquente cai no meu indicador esquerdo. Se eu largar tudo pra colocar minha mão em água corrente fria, perco os espirais. Fico firme ali, o treco perfurando o meu dedo… Depois ainda bem burra, tentei arrancar o caramelo do dedo – pior! Caramelo gruda que é uma beleza! Por isso tanta medonhice! E eu não queria que o chef visse que queimei o dedo, hahah! Tipo: “Ms. Fujiname, I think you’re too clumsy for this pastry thing…”

Whatever! No fim das contas, o pessoal todo já estava pronto e eu ainda tinha que terminar de montar meu creme brulee (foto no post anterior, com a cestinha de açúcar) e o meu creme caramel no prato, com decoração de chocolate, coulis, tuiles e espiral. Fui numa velocidade master fazer o piping the chocolate, as gotas de coulis e uma menina me emprestou umas frutas cortadas pra eu montar o plated dessert. No fim, deu certo! Mas o resultado poderia ter sido melhor se não tivesse o pânico do início. Já percebi: se uma coisinha dá errado na aula prática, parece que perco o rumo da aula inteira. Não bom, pois se na prova algo der errado de início, tô perdida! Preciso aprender a me centrar.

Bom, essa foto aí é o resultado final da minha criação 🙂

E viva o México!!!

20120522-081805.jpg

Advertisements

One Response to “Decoração de sobremesas”

  1. Marina Yumi Fujiname May 30, 2012 at 7:27 am #

    Só espero que vc não perca outros dedos hehehehehehe
    Viva o México! =D

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: